O Que é Mãe Solo? Entenda o Conceito

Você sabe o que é mãe solo? Esse termo substitui o “mãe solteira”, que muitas vezes é utilizado de forma pejorativa, para descredibilizar a mulher. No entanto, o estado civil não diz respeito à criação de um filho, ou seja, estar casada ou não, não interfere na maternidade. Segundo o IBGE, 11,5 milhões de brasileiras passam por essa situação.

Neste artigo, vamos explicar mais sobre esse conceito e como essas mulheres lidam com isso. Confira a seguir:

  • o que é mãe solo;
  • preconceito contra as mães solo;
  • dificuldades financeiras das famílias monoparentais.

O que é mãe solo?

A definição mais básica do que é mãe solo é quando a mulher cuida do filho sozinha sem o apoio do pai da criança, seja por abandono – por parte da figura paterna – ou em casos de adoção.

Entretanto, ser mãe solo engloba muitas outras questões emocionais e sociais, como:

  • as dificuldades financeiras, afinal, as despesas são grandes;
  • o desemprego e a pouca escolaridade, principalmente nos casos de gravidez na adolescência;
  • a pressão e sobrecarga psicológica;
  • o acúmulo de tarefas e dupla jornada para aquelas que trabalham;
  • a falta de creches;
  • etc.

Preconceito contra as mães solo

Durante muito tempo – e até hoje em muitos locais -, as mães solos eram muito criticadas por criar e educar os filhos sozinhas. Isso ocorre devido aos preconceitos e padrões do que alguns consideram ser a “família tradicional”. No entanto, esse tipo de julgamento ignora o abandono paterno, um dos grandes fatores responsáveis pela situação dessas mulheres.

Inclusive, segundo a Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC Nacional), no primeiro semestre de 2020, cerca de 80 mil crianças foram registradas sem o nome do pai. Além disso, há casos em que a criança é registrada, mas não recebe nenhum tipo de apoio afetivo ou financeiro do genitor.

Dificuldades financeiras nas famílias monoparentais

As famílias monoparentais, ou seja, formada por um pai ou mãe solo, enfrentam muitas dificuldades financeiras. As mulheres são as mais afetadas por isso, pois o índice de desemprego feminino supera a taxa masculina em 37,8% com base nos dados do IBGE.

De acordo com a pesquisa do Instituto Locomotiva, 57% das mães solo vivem abaixo da linha da pobreza. Isso significa que, em muitos casos, já faltou recursos para essas famílias comprarem itens básicos de limpeza e até comida.

Mães solos podem receber auxílio-maternidade

As mulheres que estão desempregadas e dentro de alguns requisitos do INSS têm o direito de solicitar o auxílio-maternidade (salário-maternidade). Durante a gravidez e nos primeiros anos de vida de uma criança é essencial ter esse apoio financeiro para garantir que os filhos tenham o essencial.

Agora que você já sabe o que é mãe solo, comente se você é ou conhece uma! Compartilhe com ela a informação sobre o auxílio e ajude a ampará-la em um momento como esse. Veja quem tem direito ao salário-maternidade!

Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *